segunda-feira, abril 15, 2024
Sem categoria

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE  COMUNICADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE 

COMUNICADO

A Prefeitura de Monte Alegre, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura – SEMMAG comunica a imprensa e quem possa interessar que:

Foi solicitado por uma empresa privada, um local na Praça da Matriz que pudesse ser estratégico com a vista da igreja, símbolo municipal, para construção de um Letreiro que será presenteado ao município com o nome de MONTE ALEGRE. Após uma avaliação e escolha do melhor ângulo para imagens de recordações desta cidade com o Letreiro e a igreja da Matriz, havia a presença de duas árvores e uma palmeira no local. Foi então solicitado um estudo técnico da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura – SEMMAG para a possibilidade de substituição dessas árvores plantando em outro ponto da praça.
Baseado em análise técnica, realizado por engenheiro florestal e agrônomo, concluíram as seguintes informações: ‘São árvores exóticas comprometedoras, agressivas ao sistema de pavimentos e edificações na área urbana’.
São duas espécies de árvores exóticas, originárias da Ásia, conhecida como Ficus Benjama e Azadirechta índica, conhecidas popularmente por Ficus e Nim, que tem potencial de se tornarem invasoras, podendo competir com espécies nativas e causar danos a biodiversidade, além de possuírem toxinas que as impedem de servir de alimento para inúmeros pássaros.
Conforme relatório do engenheiro florestal Darlyson Junior Souza, o Ficus possui as raízes excessivamente superficiais que podem provocar danos ao patrimônio público e contribuem para ocorrência de acidentes, além do sistema radicular agressivo, provoca problemas em variados tipos de pavimentação e edificação.
A outra conhecida vulgarmente por Nim, além de ser uma espécie exótica, é também tóxica a mais de 400 insetos, causando-lhes inclusive a morte. Insetos extremamente importantes para a produção agropecuária é demais seres vivos. Uma vez a diminuição desses insetos polinizadores, certamente à redução considerável no sistema produtivo em nosso município.
Também fora verificado a existência de uma palmeira que apresentava problemas fitossanitário (Podridão na sua estrutura vegetativa), descartando qualquer tipo de intervenção para recuperação da espécie.
Baseado nesse relatório, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura – SEMMAG, estará realizando um trabalho de revitalização com espécie nativas da região como: ipê, morcegueira, achua, jutaí, jatobá, mangueira de pequeno porte, oiti, jacarandá, palmeiras e seringueira, em todo o complexo da Praça da Matriz de Monte Alegre, assim como mudas de gramíneas e jardinagem, substituindo gradativamente essas espécies exóticas.

image_pdfSalvar PDFimage_printImprimir
ACESSIBILIDADE