sexta-feira, abril 19, 2024
Covid-19NotíciasSaúdeSESMA

VIGILÂNCIA SANITÁRIA E PM INTENSIFICAM FISCALIZAÇÕES DURANTE O LOCKDOWN EM MONTE ALEGRE

A Vigilância Sanitária de Monte Alegre em parceria com a Polícia Militar estão trabalhando diuturnamente para o cumprimento do decreto Estadual e Municipal em vigor, com o lockdown que deve se estender pelos próximos 12 dias.
Ontem, terça-feira, 02, a Vigilância Sanitária iniciou as fiscalizações com abordagens nas pessoas que trafegavam em vias públicas, em uma barreira sanitária na rotatória da entrada da cidade, próximo ao quartel. Vários veículos foram parados e os condutores receberam orientações e verificado a essencialidade de estarem trafegando.
Na feira em frente ao cemitério, todos os proprietários dos box’s foram orientados a fechar pelo menos 15 minutos antes das 10h, cumprindo o decreto, haja vista que até 11h ainda havia box aberto e comercializando. Na feira do Bosque Dionísio Bentes, os box’s fecharam no horário.
Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária, Kallen Cleyse, a equipe realizou uma Blitz em frente à Casa Abreu, para orientar as pessoas que circulam no local. “Praticamente todas as pessoas que passaram lá estavam usando máscaras, algumas que não estavam foram orientadas a usá-las, mas estava com a máscara no bolso. Geralmente só um condutor na moto, dificilmente tinha dois na mesma motocicleta”, disse Kallen, assegurando que na tarde de ontem, terça-feira, foram realizadas rondas e abordados alguns estabelecimentos que ainda estavam abertos, descumprindo o horário do decreto.
A equipe recebeu algumas denúncias de aglomerações em via pública. No bairro do Turu alguns rapazes estavam empinando pipa na via pública, a equipe mandou todos para suas residências e realizou advertência.
À noite a fiscalização percorreu vários bairros da cidade de Monte Alegre e realizou blitz em alguns pontos estratégicos. “Foram feitas várias abordagens, muitas pessoas com as declarações de justificativas, a maioria entregadores de delivery, mas também tinha pessoas indo ao hospital”, afirmou Kallen Cleyse.
Em uma das abordagens no cruzamento da Irmã Amata com o Pajuçara, três jovens que estavam pilotando motos sem justificativas, foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil. Um deles mentiu dizendo que estava fazendo delivery, “ele disse que era entregador de um certo lanche da cidade, ao entrar em contato com proprietário do lanche, quando ele viu que eu estava falando com o proprietário ele desmentiu, dizendo que mentiu porque estava com medo de ser preso”, relatou Kallen. Os três jovens foram conduzidos juntamente com as motocicletas para a delegacia e, apresentados para os procedimentos administrativos.
Prefeitura Municipal de Monte Alegre – PA
Assessoria de Comunicação – ASCOM
image_pdfSalvar PDFimage_printImprimir
ACESSIBILIDADE