Caminhada em alusão à campanha de 18 de maio realizada pelo CRAS Serra Ocidental

A caminhada realizada pelo CRAS Serra Ocidental com seu grupo de idosos “Vida Ativa” em alusão à campanha de 18 de maio foi um momento especial de união, conscientização e fortalecimento dos laços comunitários.

Nesse dia tão significativo, em que se busca combater e prevenir a violência contra crianças e adolescentes, o CRAS decidiu envolver os idosos do grupo “Vida Ativa” em uma atividade que promovesse reflexão e mobilização social.

A caminhada, realizada pelas ruas da comunidade, teve como objetivo chamar a atenção da população para a importância de proteger e cuidar das crianças e adolescentes. Os idosos, com sua vasta experiência de vida, foram protagonistas nessa iniciativa, transmitindo mensagens de amor, respeito e apoio à nova geração.

Durante o percurso, os idosos distribuíram panfletos informativos sobre os direitos das crianças e adolescentes, além de abordarem temas como a necessidade de denunciar casos de violência e a importância de criar um ambiente seguro e acolhedor para todos.

A participação ativa dos idosos nessa caminhada evidenciou o papel fundamental que eles desempenham na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Eles se tornaram agentes de transformação, disseminando valores importantes e inspirando outras gerações a agir em prol do bem-estar dos mais jovens.

Além disso, a caminhada fortaleceu os laços entre os idosos do grupo “Vida Ativa” e a comunidade em geral. A presença deles nas ruas, em uma causa tão nobre, despertou o interesse e a admiração dos moradores, incentivando o diálogo e a troca de experiências entre diferentes gerações.

A iniciativa do CRAS Serra Ocidental, em realizar essa caminhada com o grupo de idosos “Vida Ativa” em alusão à campanha de 18 de maio, demonstrou o compromisso da instituição em promover ações de conscientização e engajamento social. Essa atividade, realizada de forma intergeracional, destacou que a proteção de crianças e adolescentes é uma responsabilidade coletiva e que todos têm um papel a desempenhar nessa luta.

Assim, a caminhada se tornou um momento marcante para todos os envolvidos, reforçando a importância de se unir em prol de uma sociedade mais segura e acolhedora para as crianças e adolescentes, e valorizando o papel ativo dos idosos como agentes de mudança.

image_pdfSalvar PDFimage_printImprimir
ACESSIBILIDADE